A fase de construção das parcelas de fitoestabilização assistida no distrito mineiro de Cartagena-La Unión foi concluída no dia 7 de março de 2019, após a aplicação das diferentes emendas orgânicas e inorgânicas (resíduos de calcário, biocarvão, estrume composto, zeólita), e a subsequente semeação / plantação de Piptatherum miliaceum e Coronilla Juncea nos lotes experimentais. As fotos em anexo também mostram a amostragem de solo realizada por investigadores e estudantes pertencentes ao grupo de pesquisa GARSA da Universidade Politécnica de Cartagena.