22 a 26 de janeiro de 2018.

Os investigadores Christelle Gramaglia e Sergio Martín da IRSTEA, José Darrozes e Grégory Dufrechou do GET-CNRS reuniram-se com os parceiros de investigação da UPCT e da Universidade de Murcia em Cartagena.

Durante a sua estadia em Cartagena, Christelle e Sergio apresentaram os primeiros resultados do projeto. Além disso, realizaram entrevistas e discutiram a compreensão de problemas de risco em duas das áreas de estudo do projeto (Viviez e Cartagena) com o especialista convidado Jacques Gardon, do IRD (Institut de Recherche et pour le Développement) da Universidade de Montpellier .

Da mesma forma, todos os parceiros fizeram uma visita de campo nas proximidades da Fundação Sierra Minera-La Unión e visitas guiadas locais. Além disso, foram recolhidas várias amostras de solo de áreas fortemente contaminadas de modo a estudar como as plantas crescem neste tipo de solo.